Colégio Nossa Senhora Aparecida

Somos Irmãs Servas de Maria Imaculada. Nossa Congregação foi fundada na Ucrânia em 1892. Atualmente, a Congregação está presente em 17 países: Ucrânia, Canadá, Sérvia, Brasil, Eslováquia, Itália, Estados Unidos, Polônia, França, Inglaterra, Alemanha, Argentina, Austrália, Cazaquistão, Bélgica e Espanha.

Nosso Carisma

Nós, Irmãs Servas de Maria Imaculada, somos chamadas para a Vida Consagrada em comunidade orante e fraterna, para que, na alegria, simplicidade, hospitalidade, modéstia e humildade sermos as Servas de Deus, da Igreja e do nosso povo.
 
Estamos no Brasil desde 1911, onde temos 45 casas de missão, destas, 13 são escolas e 02 são hospitais. Somos um total de 233 Irmãs. Diariamente vivenciamos o carisma que herdamos dos nossos fundadores  nas áreas da educação, cuidado com os enfermos, amparo aos idosos, zelo com a Igreja, catequese e pastorais.

Nosso Lema

Glória a Deus, Honra a Maria e a Nós, Paz!

Nossos fundadores

Ir. Josafata Miquelina Hordachevska​

Pe. Jeremias Lomniski, OSBM​

Pe. Cirilo Celeski

Ir. Josafata

Primeira irmã a trilhar os caminhos das Servas de Maria Imaculada, aos 22 anos Josafata Hordashevska já almejava que sua comunidade fosse luz, fermento e cumprimento de uma profecia de progresso para um povo que vivia abandonado sob os aspectos moral e espiritual. Ela foi o coração da Congregação das Servas de Maria Imaculada nos primórdios da sua existência.

Irmã Josafata (Miguelina Hordashevska) nasceu em Leopoli no dia 20 de novembro de 1869. Cresceu, estudou e foi educada numa família simples e pobre, mas rica e profunda na espiritualidade, no amor a Deus, no amor pátrio e nos valores cristãos.

Desde a tenra idade cultivava a vida espiritual e praticava virtudes cristãs. Seus contemporâneos escrevem: “A menina era simples, humilde, religiosa e amável em casa e na escola. Gostava de brincar coma sua irmãzinha Ana e tinha uma influência positiva em relação às suas colegas. Sabia dar bons conselhos e conduzir os outros para o bem”. Ela gostava de organização e de limpeza, era trabalhadora, inteligente, prudente e com uma profunda espiritualidade.

O lema da vida da Irmã Josafata era: “Servir lá, onde há maior necessidade. Conviver com o seu pobre povo e ser para ele uma luz viva”. Ela se destacou pelo seu grande amor a Deus e ao próximo, pela disponibilidade e prontidão em servir às crianças, aos idosos, aos órfãos, aos doentes.

Padre Jeremias

Exímio Missionário, pregador e fundador da primeira instituição de Vida Consagrada Ativa na Galícia, Padre Jeremias se destacou pela sua profunda consagração e dedicação à ordem de São Basílio Magno e pela maturidade espiritual e intelectual. Por isso, desde cedo foi nomeado diretor-coordenador de importantes escolas de sua época, onde cada vez mais aprofundava e desenvolvia suas capacidades humanas, intelectuais e espirituais.

A página mais importante de sua vida foi a ação missionária, para a qual ele deu início no ano de 1889, juntamente com seus coirmãos. Padre Jeremias se destacou pelo insuperável dom de pregar a palavra de Deus. 

Morreu com apenas 56 anos, dos quais 34 de vida consagrada. Assim foi sua trajetória, iluminada com muitas virtudes cristãs, espírito de profunda oração e humildade e ardor na propagação do reino de Deus. Mas seu maior merecimento diante da Igreja e do povo de Deus foi a fundação da nova Congregação Religiosa.

Pe. Cirilo

Padre Cirilo era um sacerdote muito entusiasmado, amado e respeitado pelos seus paroquianos. Na Igreja Ucraniana, consagrou uma parte muito grande de seu tempo para a educação dos adultos. Era persuadido de que pela educação e pelo exemplo influenciamos uns aos outros. Insistia que um cristão, uma pessoa com maturidade é aquela que se coloca a serviço da sociedade, aquela que serve sua família, a Deus, ao Estado e ao país. Por isso, julgava muito importante a formação do indivíduo. Para isso, trazia exemplos de vida de outras épocas, de outras nacionalidades, para convencer os seus contemporâneos.

Ele valorizava muito a educação na família, onde a criança recebe as primeiras lições de vida. “É mais fácil antes do que depois”, dizia. Insistia que educassem as crianças no espírito cristão, na espiritualidade do amor e no temor a Deus desde a tenra idade. “Uma pessoa se torna feliz quando sabe aproveitar de suas potencialidades e quando desenvolve os seus dons e capacidades e os coloca a serviço do Reino de Deus e do próximo”, afirmava.

Nosso emblema

Inspiradas na pedagogia de Jesus Cristo e no exemplo de Maria, permanecem fiéis ao carisma herdado da fundadora, Bem-Aventurada Josafata:

"Amar e Servir onde há maior necessidade".